SHARE

*De Assessoria

A Galvani, uma das maiores empresas de fertilizantes do Brasil, está presente na Agrotins 2018 e tem como objetivo, conforme a empresa, “levar soluções para aumentar a rentabilidade e a produtividade da lavoura”. Na mostra de tecnologias agropecuárias, a empresa tem como seu principal destaque o recém-lançado Phosgrão 250, fertilizante desenvolvido especialmente para as condições edafoclimáticas dos cerrados do Tocantins, estado integrante da região do MATOPIBA.

Uma das plantas da Galvani faz parte da  paisagem do município agrícola de Luis Eduardo Magalhães, no oeste da Bahia (Foto: Divulgação)
Uma das plantas da Galvani faz parte da paisagem do município agrícola de Luis Eduardo Magalhães, no oeste da Bahia (Foto: Divulgação)

Segundo a empresa, a solução traz teores equilibrados de fósforo, enxofre, boro, cobre, zinco e manganês, com micronutrientes com maior solubilidade, no mesmo grão, garantido uma melhor distribuição dos nutrientes na cultura e resultando em uma lavoura mais uniforme e bem nutrida.

– Tocantins tem um papel importante para a produção de grãos na região Norte e no Brasil e o produtor da região investe cada vez mais em soluções tecnológicas em busca de produtividade de maneira sustentável. Por isso, a Galvani desenvolve soluções que facilitam o manejo e melhoram a rentabilidade do agricultor, como o Phosgrão 250 – afirma Gustavo Zaitune, diretor Comercial da Galvani.

A empresa também trouxe à feira o Phosmix, que conta com micronutrientes incorporados ao grânulo de maneira uniforme trazendo solubilidade maior, melhor uniformidade na mistura e perfeita distribuição na adubação, além de enxofre em quantidade elevada.

– Um dos destaques é Phosmix F, sua versão farelada, que proporciona cobertura total do solo e garante os nutrientes básicos para a adubação de manutenção, especialmente focado para as características dos solos da região – explica Diogo Mendes de Paiva, assessor agronômico da Galvani.

Além da apresentação de sua linha de fertilizantes, o estande da Galvani também contará com a presença de especialistas agronômicos para oferecer aos visitantes a melhor recomendação técnica sobre nutrição de plantas nas culturas agrícolas da região.

Sobre a Galvani

A Galvani atua no mercado de fertilizantes, desde a década de 1960. Trabalha desde a mineração até a produção e distribuição de fertilizantes fosfatados. Possui unidades nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Bahia e Ceará. Em dezembro de 2014, a Yara International adquiriu 60% das ações da Galvani.

Para deixar evidente essa parceria, a empresa passou a usar a marca Yara, mas continua a ser uma organização independente, com conselho, diretoria e posicionamentos próprios. Fundada em 1905, na Noruega, para solucionar a fome emergente na Europa, hoje a Yara possui presença mundial, com mais de 15 mil colaboradores e vendas para mais de 160 países.

*Com edição de Cerrado Rural Agronegócios

 

NO COMMENTS

LEAVE A REPLY