ANGUS – VPJ promove leilão com simpósio de qualidade da carne

ANGUS – VPJ promove leilão com simpósio de qualidade da carne

SHARE
A VPJ Pecuária revitalizou seu rebanho de Angus (foto) e Brangus no último triênio (Foto: Divulgação)
A VPJ Pecuária revitalizou seu rebanho de Angus (foto) e Brangus no último triênio (Foto: Divulgação)

Mesmo em um ano desafiador, o consumo de cortes gourmets só cresce em todo o Brasil. Um forte indicativo, conforme afirma a VPJ Alimentos,  é a projeção de crescimento anual da empresa, sediada em Pirassununga (SP), na ordem de 40%.  A companhia é uma das empresas que ajudaram a revolucionar o Programa Angus Carne Certificada.

Em comemoração a este resultado, o empresário Valdomiro Poliselli Júnior, do Grupo VPJ, promoverá um simpósio de qualidade de carne pouco antes do 20º Leilão Angus VPJ, que ocorre no dia 28 de outubro, às 14 horas, na Red Eventos, em Jaguariúna (SP), com transmissão pelo Canal do Boi.  Além do acesso à melhor genética em carne de qualidade, o evento será palco de lançamentos e a divulgação de uma pesquisa inédita.

Serão ofertados 85 touros e 30 fêmeas das raças Angus e Brangus. Compradores de fêmeas receberão doses de sêmen inverso para que produzam seus próprios touros Ultrablack, a nova raça sintética que promete elevar o grau de sangue Angus nos cruzamentos em mais de 60%.

Os visitantes também assistirão palestras sobre as tecnologias que ajudaram a destacar os produtos da VPJ Alimentos nos melhores endereços da alta gastronomia. Um dos destaques será a divulgação do resultado de uma pesquisa coordenada pela Universidade de São Paulo (USP), que deve surpreender o mercado pecuário e também o consumidor final, o elo mais importante da cadeia.

Carne Angus VPJ Alimentos é benéfica à saúde

No programa da VPJ Alimentos, que processa mais de 500 toneladas de cortes prime e choice por ano, são abatidas exclusivamente fêmeas Cruza Angus. Poliselli sempre acreditou que elas fossem mais precoces, principalmente na deposição de gordura subcutânea, marmoreio e maciez da carne. O que antes era intuição, agora tem comprovação científica.

A decisão por abater só fêmeas chamou a atenção da pesquisadora Lenise Freitas Muller da Silveira, doutoranda pela FZEA (Faculdade de Zootecnia e Engenharia Agrícola), da Universidade de São Paulo (USP), que contou com apoio da empresa para defender sua tese de mestrado, sob orientação da Profª Drª Angélica Simone Cravo Pereira.

Intitulada “A influência da condição sexual sobre o desempenho, as características de carcaça e a qualidade da carne de bovinos cruzados Angus/Nelore terminados em confinamento”, o trabalho identificou diferenciais importantes nas fêmeas, especialmente no valor nutricional da gordura, que apresentou uma concentração elevada de ácidos graxos benéficos à saúde humana, como o Ômega 3.

– Além da qualidade, procedência e preço justo, de modo geral a sociedade está preocupada com o alimento saudável. Uma de nossas propostas nesta pesquisa foi demonstrar que podemos ter um produto bem acabado e marmorizado sem que isso traga problemas à nossa saúde – afirma a doutoranda.

Os métodos e resultados serão apresentados em sua palestra.

Fórmula Genética, o elo entre a genética e a indústria

O sucesso dos produtos da VPJ Alimentos conta com um novo aliado, o zootecnista Adriano Rubio, profissional que acumula anos de experiência em melhoramento genético de raças de corte. Está sob a sua tutela a nova empresa lançada do Grupo VPJ, que atuará como elo entre a fazenda e a indústria.

Batizada de Formula Genética, sua principal missão é estabelecer um programa de origem e rastreabilidade que unifique todos os atores da cadeia, atendendo a necessidade dos pecuaristas com acasalamentos dirigidos, sêmen, controles zootécnicos e direcionamento na produção de animais destinados à VPJ Alimentos. Também atuará na certificação de todos os bovinos, ovinos e suínos adquiridos pela empresa para abate, dando total incentivo à formação de escalas, a partir de programas de orientação, fidelização e extensão rural aos fornecedores.

Lançamento do “Selo Gold”

O 20º Leilão Angus VPJ também será palco do lançamento nacional do “Selo Angus Gold”, da Associação Brasileira de Angus (ABA), que diferenciará carcaças superiores em deposição de gordura e marmoreio. Este trabalho é desenvolvido há anos pela VPJ, dando origem a produtos como da linha Black Angus – Reserva Especial.

DEP e genômica comprovam eficiência do gado

Utilizando as mais modernas tecnologias em multiplicação e melhoramento genético, a VPJ Pecuária revitalizou seu rebanho de Angus e Brangus no último triênio, visando uma genética 100% norte-americana, fechada em rebanhos das regiões mais quentes dos Estados Unidos.

A propriedade passou a utilizar sêmen de touros de alto desempenho e com índices confiáveis para marmoreio e maciez de carne, como exemplo Ten X, Connealy Consensus, Rampage e Gar Sunrise.

– Intensificamos a genéticas desses touros na Fazenda Cardinal, em Mococa (SP), sendo eles os mais usados nos Estados Unidos em 2015 e 2016. Estão nascendo animais incríveis e vários deles estarão à venda em nosso 20º leilão.  Estamos oferecidos uma genética antes exclusiva aos criadores que desejam investir em touros de central para coleta de sêmen, reprodutores especiais para cruzamento e fêmeas PO e POI de excelente habilidade materna para formação de planteis sólidos, pratica que está crescendo em função da lucratividade oferecida pelo Angus – finaliza Valdomiro Poliselli Júnior.

Da Ascom/VPJ com edição de Cerrado Rural Agronegócios

NO COMMENTS

LEAVE A REPLY