SHARE

Nesta quinta-feira, 22, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) promoverá leilões de PEP (Prêmio para o Escoamento) e Pepro (Prêmio Equalizador Pago ao Produtor Rural) para o arroz. Serão, segundo a Companhia, leiloadas 300 mil toneladas, sendo 270 mil no Rio Grande do Sul e 30 mil em Santa Catarina.

Conab atende pedido de produtores e promove leilões para escoar arroz (Foto: Destaque Rural)
Conab atende pedido de produtores e promove leilões para escoar arroz (Foto: Destaque Rural)

Os leilões serão necessários para escoar o excedente da produção do cereal no país e garantir ao produtor a recuperação do preço mínimo da saca de 50 quilos, que atualmente está cotada em R$ 36,01.

A medida da Conab atende a um pedido do setor orizícola, que no início deste ano solicitou ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) a realização dos leilões para reduzir os estoques de passagem no Rio Grande do Sul.

– A colheita da nova safra ainda está por vir. Há muito arroz no mercado interno e os leilões serão fundamentais para salvar as lavouras do estado, que é responsável por mais de 60% da produção nacional – explicou o assessor técnico da Comissão Nacional de Cereias, Fibras e Oleaginosas da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil, Alan Malinski.

O Mapa informou que já existe uma portaria, publicada em 29 de dezembro de 2017, que disponibiliza R$ 100 milhões para as operações, o que corresponde aproximadamente a 1 milhão/1,3 milhão de toneladas.

Da Ascom/CNA/Senar, com edição de Cerrado Rural Agronegócios

NO COMMENTS

LEAVE A REPLY