Presidente da Aiba e da BFS, Celestino Zanella, fala aos visitantes (Foto: Ascom/BFS)
Presidente da Aiba e da BFS, Celestino Zanella, fala aos visitantes (Foto: Ascom/BFS)

*Da Redação

Com a presença do governador da Bahia, Rui Costa, e sua comitiva, teve início, nesta terça-feira, 5, a  14ª edição da Bahia Farm Show, que se estende até o próximo sábado, 9, com expectativa de ultrapassar a marca de R$ 1,5 bilhão em volume de negócios, atingida em de 2017, e atrair um grande número de visitantes. Organizadores do evento, estão baseando esta movimentação financeira nos ótimos resultados da safra de grãos 20172018.

Em seu pronunciamento, por ocasião da abertura oficia do evento, Rui Costa, anunciou a criação de uma delegacia especializada na investigação de roubos a propriedades rurais, com sede em Luís Eduardo Magalhães.

– Esta feira representa o pioneirismo e o espírito de liderança das entidades dos produtores da região oeste, que também são responsáveis por 50% do valor de exportações da Bahia, gerando emprego, renda e desenvolvimento para todo o estado. Nosso sonho é alavancar o setor produtivo para o beneficiamento da produção na própria região – disse o Chefe do Executivo baiano.

Ele citou também a assinatura da ordem de serviço do Anel da Soja.

Durante a cerimônia, o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Ângelo Coronel, reforçou sobre a importância de as empresas concessionárias de serviços melhorem sua estrutura na região, principalmente de energia elétrica, telefonia e internet.

– Esse ano contamos com 24 palestras e workshops, a ocupação é de cerca de 250 estandes, com 190 na área externa e 60 na área coberta. Isso representa um universo de 900 marcas expostas, entre empresas de produção de sementes, defensivos, fertilizantes, insumos, máquinas, aviação, sistemas de irrigação e outros produtos agrícolas – disse o presidente da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), promotora do evento, e presidente da Bahia Farm Show, Celestino Zanella.

A cada edição, a organização da Bahia Farm Show homenageia um agricultor, pelos serviços prestados ao desenvolvimento da agricultura na região oeste. Desta vez, Júlio Cézar Busato, que já presidiu a Aiba e atualmente comanda a Associação Baiana de Produtores de Algodão (Abapa), recebeu as honrarias.

– Ninguém faz nada sozinho, as conquistas que tivemos nesse período à frente da Aiba foram méritos de um time. Nesse tempo, conseguimos uma maior união entre as associações e os sindicatos. Convocamos os associados, pedimos para eles participarem mais, e fomos atendidos – disse ele.

Prosseguindo, Busato disse que o trabalho de articulação aproximou o agricultor do governo do Estado, das prefeitura e do Ministério da Agricultura em Brasília.

– O grande mérito da equipe foi unir todos os interessados em torno dos mesmos objetivos, por meio da liderança e do diálogo – destacou.

Conforme a Aiba, o complexo da Bahia Farm Show se consolida como um importante espaço para o fomento, uso da tecnologia e a expansão das fronteiras agrícolas. O processo iniciado no ano passado continua a ganhar força com a participação, nesta edição, de expositores dos Estados Unidos, Alemanha e Argentina. Até o próximo sábado devem circular pelo parque mais de 70 mil pessoas entre pesquisadores, estudantes, expositores e público em geral.

*Com informações da Assessoria de Imprensa do evento