SHARE

*Da Redação

A BRF, uma das maiores empresas de processamento de alimento do mundo teve um prejuízo de R$ 1 bilhão, conforme balanço divulgado por ela.

"Companhia  será colocada em um novo caminho de crescimento e rentabilidade sustentável” (Foto: Divulgação)
“Companhia será colocada em um novo caminho de crescimento e rentabilidade sustentável” (Foto: Divulgação)

Este resultado negativo é bem superior aos números registrados em 2016, quando a companhia fechou em R$ 367 milhões negativos.

– O ano de 2017 foi um ano repleto de desafios e de mudanças importantes na companhia – disse, em nota, o diretor presidente global da empresa, José Drummond Jr.

Ele disse ainda se sentir seguro de que a companhia  será colocada “em um novo caminho de crescimento e rentabilidade sustentável”.

Este prejuízo é atribuído aos danos causados pela Operação Carne Fraca, deflagrada em março do ano passado pela Polícia Federal para investigar um suposto esquema de liberação de licenças e fiscalização irregular de frigoríficos.

Com essa operação vários países suspenderam a importação da carne brasileira.

– Certos produtos acabados, que não puderam ser exportados para os destinos planejados, reflexo da operação Carne Fraca, estão hoje sendo reaproveitados e utilizados como matéria-prima na produção – informou a empresa.

Para Drummond Junior, esse episódio foi “um dos momentos mais desafiadores da indústria de alimentos”.

*Com informações da rede de rádio Jovem Pan, por meio da repórter Neila Carvalho.

NO COMMENTS

LEAVE A REPLY