SHARE
micro barragens já beneficiaram mais de 600 famílias (Foto: Ascom/Ruraltins)
micro barragens já beneficiaram mais de 600 famílias (Foto: Ascom/Ruraltins)

O governo do Tocantins, por meio do Instituto de Desenvolvimento Rural (Ruraltins) concluiu mais uma etapa do Projeto Barraginhas na região sudeste do Estado. O programa, com 1734 micros barragens,  beneficia mais de 600 famílias

A ação, conforme o Ruraltins, é  coordenada pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) e executado Ruraltins.

De acordo com Antônio Conceição, extensionista do Ruraltins em Arraias, os municípios beneficiados foram Taguatinga, Ponte Alta do Bom Jesus, Taipas do Tocantins, Arraias, Novo Alegre, Combinado, Landeira e Aurora do Tocantins.  Cada município recebeu 198 barraginhas, sendo que apenas em Taguatinga foram construídas 348.

– O Ruraltins está presente em todos esses municípios e conhece a realidade de cada um deles. Nosso trabalho nesse projeto é identificar as comunidades que mais sofrem no período da seca e demarcar os locais onde serão instaladas, acompanhando de perto todo o processo de instalação e, após essa fase, vamos conferir se a obra está dentro do padrão estabelecido –  afirmou Antônio Conceição.

Ainda conforme ele,  esse é o terceiro ano do projeto e nos municípios que foram os primeiros a receberem as barraginhas as mudanças são muito positivas.

O diretor de Recursos Hídricos da Semarh, Aldo Azevedo, destaca a importância da parceria do Ruraltins na execução do projeto.

– O trabalho em conjunto com o Ruraltins é de suma importância, pois ele é o órgão que tem total conhecimento da realidade das famílias de agricultores familiares por meio da sua assistência técnica. Toda a parte de campo, seleção, mobilização e mão de obra é de responsabilidade do Ruraltins –  acrescentou.

O produtor Atevaldo Cardoso dos Santos, morador Assentamento Matrinxã, município de Arraias, se diz satisfeito com a ação. De acordo com o produtor, 17 famílias moram no local e sofriam com a falta de água no período da estiagem.

– Esse projeto está beneficiando muita gente. Aqui na nossa comunidade a barraginha deu tão certo que a água durou por um bom tempo. Nos períodos mais críticos serviu para matar a sede dos animais e molhar plantação. Foi a melhor coisa que nos aconteceu –  frisou o produtor.

Nova etapa

O Ruraltins informa que em 2017, será realizada a terceira etapa do projeto e mais dez municípios da região sudeste do Estado serão beneficiados. São eles: Dianopólis, Novo Jardim, Rio da Conceição, Porto Alegre do Tocantins, Almas, Chapada de Natividade, Santa Rosa do Tocantins, Natividade, São Valério da Natividade, São Salvador do Tocantins.

De acordo com a Semarh, para esta etapa estão previstas a construção de mais de 1.900 barraginhas. O primeiro município a ser beneficiado é Novo Jardim, com previsão para início de janeiro.

O que é  o Barraginhas

O Projeto Barraginhas é uma das metas do Governo do Estado para amenizar a seca da região sudeste. Ao todo, serão beneficiados 18 municípios, com investimento total de aproximadamente R$ 2 milhões e a construção de 3.564 barraginhas.

O projeto tem por objetivo a construção de pequenas bacias de captação de água da chuva para abastecimento local, conter o assoreamento das fontes e incentivar a agricultura de subsistência. Esse procedimento deve contribuir para melhorar o nível do lençol freático na região, especialmente no período de seca, além de criar bases de sustentabilidade ambiental com a proteção e revitalização dos recursos hídricos.

Da Ascom/Ruraltins, com edição da redação deste site

 

NO COMMENTS

LEAVE A REPLY