CARNE SUÍNA – Volume exportado pelo Brasil mantém alta em 2019

CARNE SUÍNA – Volume exportado pelo Brasil mantém alta em 2019

SHARE

os-mitos-sobre-a-carne-suina-75-355Da Redação*

As exportações brasileiras de carne suína (considerando todos os produtos, entre in natura e processados) alcançaram 54,8 mil toneladas em março. A informação é da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA).  O volume é 5,6% inferior ao desempenho registrado no mesmo período do ano passado, com 58,1 mil toneladas.

Em receita, houve retração de 7,8% em relação ao mesmo período do ano passado, com US$ 106,6 milhões em março de 2019 e US$ 115,7 milhões em março do ano passado.

O resultado do primeiro trimestre segue positivo para o setor produtivo, com total de 157,5 mil toneladas exportadas, volume 1,46% superior ao embarcado no mesmo período de 2018, com 155,2 mil toneladas.   O saldo cambial totalizou US$ 298,3 milhões, desempenho 5,4% menor que o realizado em 2018, com US$ 315,3 milhões.

– Apesar da retração no número mensal, o saldo das vendas acumuladas em 2019 segue positivo, com elevações sequenciais em janeiro, fevereiro e março, que deve ganhar impulso, também, com o bom fluxo das exportações para a China, Vietnam, Coreia do Sul, Filipinas, Japão e a Rússia – analisa Francisco Turra, presidente da ABPA.

Abaixo a lista de principais destinos para as exportações de carne suína brasileiras em março:

POSIÇÃO

PAÍS IMPORTADOR

SALDO EM MARÇO (MIL TONS)

SHARE (%)

1

CHINA

13,023

24,0%

2

HONG KONG

12,852

23,7%

3

RUSSIA

6,497

12,0%

4

CHILE

3,436

6,3%

5

URUGUAI

3,043

5,6%

6

CINGAPURA

3,016

5,6%

7

ARGENTINA

2,581

4,8%

8

ANGOLA

1,878

3,5%

9

GEORGIA

1,459

2,7%

10

VIETNA

1,023

1,9%

Fonte: Ascom/ABPA, com edição de Cerrado Rural Agronegócios

NO COMMENTS

LEAVE A REPLY