Por Antônio Oliveira*

O governador Marcelo Miranda, que ressaltou a importância da industrialização no Estado (Foto: Lia Mara/Secom-TO)
O governador Marcelo Miranda, que ressaltou a importância da industrialização no Estado (Foto: Lia Mara/Secom-TO)

O Tocantins, o maior produtor de grãos da região Norte do Brasil e o segundo maior produtor de toda a região do MATOPIBA, passou a contar, desde este sábado, 22, com mais uma esmagadora de soja, a segunda do Estado. Construída em Guaraí, região centro´norte de Tocantins, ela foi inaugurada com a presença do governador do Estado, Marcelo Miranda, pelo secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Turismo (Seden), Alexandro de Castro, pela prefeita de Guaraí, Lires Ferneda, e demais lideranças políticas e empresariais regionais e estaduais.

O Grupo Focoagro, proprietário da nova unidade, que a denominou de Nutrifoco, investiu em torno de R$ 10 milhões nesta planta com área de 28 mil metros quadrados e que tem capacidade para processar 160 toneladas de soja por dia.

O grupo também possui unidades armazenadoras de grãos em Pedro Afonso e uma unidade administrativa e financeira em Palmas. Até o fim deste ano, a expectativa é inaugurar mais uma unidade armazenadora e uma loja de insumos agrícolas em Gurupi.

Otimista, o diretor administrativo da indústria, Márcio Takatsu, comente sobre o empreendimento.

– É gratificante ver que a gente escolheu uma área promissora. Viemos para atender a uma demanda que tinha aqui no Estado. Instalamos (a indústria) numa região bem localizada, com uma logística fantástica, o que vai facilitar o atendimento dos nossos clientes – destacou.

Presença do Governo

– Ao longo dos últimos anos temos criado as condições para que os investidores encontrem, aqui, os meios necessários para contribuir com o desenvolvimento do Estado – disse, em seu discurso o governador Marcelo Miranda.

Anda conforme ele, é preciso imprimir a marca da indústria nas atividades econômicas do Tocantins.

– Aqui é o lugar certo. Onde o agronegócio é forte, onde produzimos e geramos riquezas – destacou.

A nova planta foi construída no centro de um dos grandes polos de produção de grãos do Tocantins (Foto: Focoagro)
A nova planta foi construída no centro de um dos grandes polos de produção de grãos do Tocantins (Foto: Focoagro)

Durante a solenidade, o governador e representantes da empresa assinaram o Termo de Acordo de Regime Especial (TARE) que concede incentivos fiscais ao empreendimento, por meio do Pró -Industria.

A primeira

A outra esmagadora para extração de farelo e óleo de soja, pioneira no Estado, é uma das maiores do Brasil e está integrada a uma usina de biodiesel. Fica no município de Porto Nacional, região central do Tocantins, que está se consolidando como uma das maiores regiões produtoras de grãos do Estado. Ela tem capacidade para esmagar 2,5 toneladas/dia.

Quase toda a produção de soja e milho no Tocantins é exportada, principalmente via Tegram (Terminal de Grãos do Maranhão), no Porto de Itaqui. Com estas duas unidades, mais soja são processadas no Estado, agregando valor à produção. Na safra 2016/2017, o Estado produziu 2,7 milhões de toneladas de soja.

*Com informações da Secom/TO