Home Uncategorized COOPERAÇÃO – Japão quer aproximar o Piauí da Ásia

COOPERAÇÃO – Japão quer aproximar o Piauí da Ásia

Wellington Dias recebe o cônsul do Brasil, em Belém, Masahico Kabayashi (Foto: Gov. MA)
Wellington Dias recebe o cônsul do Brasil, em Belém, Masahico Kabayashi (Foto: Gov. MA)

O Japão tem interesse em investir na infraestrutura no Piauí, especificamente no Porto de Luís Correia, aproximando cada vez mais o Brasil do Canal do Panamá, caminho mais curto até a Ásia. Esse Porto está em construção há mais de dez anos e suas obras foram paralisadas há mais de dois anos por desencontros políticos e administrativos do governo do Maranhão.

Este interesse foi demonstrado pelo cônsul-geral do Japão em Belém, Masahico Kabayashi, em visita feita na última quinta-feira, 13, ao governador do Maranhão, Wellington Dias.

Dias lembrou da participação da Agência de Cooperação Internacional do Japão (JICA) em estudos voltados para o desenvolvimento do Piauí e consultou o diplomata sobre possibilidades de financiamento.

– Porto, ferrovia, rodovias, mas também a hidrovia do Parnaíba, foi a Jica que fez os estudos e agora estamos precisando de recursos financeiros para consolidar essa região, destacou o governador.

Kobayashi demonstrou interesse especial pelo porto de Luís Correia, uma alternativa mais rápida para exportação e importação de produtos brasileiros. A partir do Piauí, o percurso até o canal do Panamá é mais curto, comparando com outros portos brasileiros, dura três dias. O diplomata também se comprometeu em estudar alternativas de financiamento para o escoamento de grãos e sugeriu uma agenda com empresários japoneses.

– Reuniremos empresários japoneses em São Paulo para o Piauí mostrar suas potencialidades. É nossa intenção fortalecer as relações bilaterais entre Japão e Piauí, declarou Kobayashi.

(Com informações do governo do Piauí)