SHARE

*Da Ascom/Porto de Itaqui

A participação do Porto do Itaqui nos embarques de soja do país aumentou 100%, segundo a Folha de São Paulo, em publicação desta terça-feira, 20,  sobre a movimentação da indústria ferroviária a partir do aumento da safra de grãos.

A atuação do Itaqui no transporte de soja no Brasil aumentou de 7% em 2007 para 14% em 2017 (Foto: Divulgação)
A atuação do Itaqui no transporte de soja no Brasil aumentou de 7% em 2007 para 14% em 2017 (Foto: Divulgação)

De acordo com a reportagem, a atuação do Itaqui no transporte de soja no Brasil aumentou de 7% em 2007 para 14% em 2017. É o dobro de participação nos embarques do grão no país em dez anos.

O jornal destaca, ainda, que o Itaqui é o segundo porto brasileiro na exportação de grãos transportados por ferrovias, com 9%. Em primeiro lugar está o porto de Santos, com 68% do volume do país.

Alta do PIB maranhense

A produção de grãos ainda impulsionou o Produto Interno Bruto (PIB) do Maranhão. Juntamente com a extração mineral, o setor foi responsável pelo crescimento em 9,7% do PIB maranhense em 2017, enquanto o país obteve alta de apenas 1% no período.

Os dados são do relatório feito pelo Itaú Unibanco publicado também pela Folha no último dia 10 de março, e representam que a economia do Maranhão cresceu quase dez vezes mais em comparação ao cenário brasileiro.

O Governo do Maranhão contribuiu com a boa safra de grãos no estado por meio de uma política de incentivos fiscais que reduziu as alíquotas do ICMS para soja, milho, milheto e sorgo de 12% para 2%. Com isso, os produtores tiveram um ganho de pelo menos 10%.

*Fonte: Agência de Notícias /SECAP

 

NO COMMENTS

LEAVE A REPLY