SHARE
FAET diz aguardar análise do recurso de Embargos de Declaração pendente de julgamento no STJ (Foto: Divulgação)
FAET diz aguardar análise do recurso de Embargos de Declaração pendente de julgamento no STJ (Foto: Divulgação)

A Federação da Agricultura do Tocantins (FAET) emitiu, nesta quarta-feira, 11, nota contestando a informação das revistas Época e IstoÉ que, baseadas em informações do STJ: que a entidade representativa dos produtores rurais do Tocantins, comandada há anos pela Senadora Kátia Abreu e que pretende ter mais mandato de Presidente, deu calote de quase R$ 3 milhões em uma empreiteira tocantinense.

Clique aqui e leia a matéria reproduzida por este site.

Abaixo, a nota da Faet:

“A Assessoria de Comunicação da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Tocantins, (FAET), vem por meio desta nota, informar que o fato noticiado é oriundo de um antigo litígio envolvendo a entidade e a empresa Santa Isabel Construtora e Terraplanagem Ltda.
 
A FAET ainda aguarda análise do recurso de Embargos de Declaração pendente de julgamento no Superior Tribunal de Justiça.
 
Assessoria de Comunicação FAET
Palmas, 11 de outubro de 2017″.

NO COMMENTS

LEAVE A REPLY