SHARE
O projeto está sendo implantado em todos os estados do Nordeste e no norte de Minas Gerais (Foto: CNA)
O projeto Forrageiras para o Semiárido está sendo implantado em todos os estados do Nordeste e no norte de Minas Gerais (Foto: CNA)

Na quinta-feira, 08, técnicos da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) visitaram a Unidade de Referência Tecnológica (URT) implantada em Itapetinga, na Bahia, que faz parte do projeto “Forrageiras para o Semiárido – Pecuária Sustentável”.

A unidade serve como local para avaliação da adaptação de plantas forrageiras às condições climáticas da região do Semiárido.

A iniciativa é uma parceria da CNA com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). O objetivo é avaliar o potencial produtivo de plantas forrageiras. De acordo com os resultados, estas espécies serão recomendadas como novas opções de fonte de alimento para os rebanhos para fortalecer a pecuária na região.

A assessora técnica do Instituto CNA, Ana Mera, afirmou que o grupo instalou no local a central de monitoramento climático para coletar os dados da região.

– Estas informações estarão acessíveis para todos os produtores rurais da região – disse a assessora.

O assessor técnico da CNA, Joaci Medeiros, também participou da visita.

O projeto está sendo implantado, de acordo com a CNA, em todos os estados do Nordeste e no norte de Minas Gerais. Ao todo serão 13 Unidades de Referência Tecnológica (URTs).

Da Ascom/CNA, com edição de Cerrado Rural Agronegócios

NO COMMENTS

LEAVE A REPLY