O tenebrio é o mais procurado para compor ração (Foto: Safari)
O tenebrio é o mais procurado para compor ração (Foto: Safari)
Uma empresa brasileira está revolucionando o mercado de rações para pets criando e fornecendo insetos para a indústria de alimentos. É a Safari que garante ser esses bichinhosnutritivos, com sabores, texturas e aromas variados.
Conforme a empresa, os insetos estão cada vez mais presentes na alimentação dos pets. Ela cita dados da  Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet), segundo a qual ouso de insetos em rações representa uma nova fronteira no setor de pet food. Em 2015, esse segmento representou quase 70% do faturamento registrado pelo mercado pet no Brasil.
Ainda conforme a Safaria, a busca cada vez mais frequente se dá pelo sucesso no fornecimento de insetos como alimentação animal. Ricos em vitaminas, e fontes de ácidos graxos e micronutrientes, a concentração proteica dos insetos é superior à concentração de proteínas em vacas, porcos e galinhas, por exemplo.
O grilo é outro inseto do leque da Safari (Foto: Safari)
O grilo é outro inseto do leque da Safari (Foto: Safari)
A Safaria argumenta ainda que oferecer a quantidade correta de proteínas (aminoácidos não produzidos pelo próprio organismo) influencia diretamente na saúde dos músculos, na produção de anticorpos e na construção de novos tecidos.
– O rendimento é de 100% do inseto para a produção de ração. A inserção pode ser com insetos inteiros, misturando entre as sementes e frutas secas, ou moído tipo farinha”, explica o engenheiro agrônomo e proprietário da Safari Insetos, Eduardo Matos.
– As rações com insetos são excelentes para animais de produção como peixes, aves e suínos, mas podem ser adotadas para outros pets graças à alta porcentagem de nutrientes. Vale ressaltar que é indicado incluir de 5 a 10% de insetos na dieta dos pets – informa.
No Brasil, ainda conforme a empresa, o líder de adesões é o tenébrio comum (Tenebrio molitor) que é a larva de um besouro.
– Geralmente é feito a farinha do tenébrio que é misturada com outros ingredientes para a produção da ração. É um ingrediente de alta digestibilidade –  explica Matos.
A Safari Insetos é especializada na criação de insetos e disponibiliza ao mercado do agronegócio diversas opções para a produção de rações animais.
– Os insetos são produzidos em uma fazenda localizada em Piracicaba, interior de São Paulo, e possuímos Título de Estabelecimento Relacionado, com aprovação do Ministério da Agricultura e responsável por assegurar a qualidade de produtos de origem animal comestíveis e não comestíveis destinados ao mercado interno e externo – ressalta Matos.
Além dos insetos vivos, a Safari comercializa insetos desidratados inteiros e farinha de insetos para a produção de rações. O “cardápio” oferecido pela Safari é composto por: grilo preto (Gryllus assimillis), tenébrio gigante (Zophobas morio), tenébrio comum (Tenebrio molitor), barata cinérea (Nauphoeta cinérea) e barata blaberus (Blaberus giganteus) somando milhões de insetos.
Da Ascom da Empresa, com edição de Cerrado Rural