Primeiro compromisso da agenda foi uma visita ao Grupo Cereal, onde a comitiva conheceu as unidades esmagadoras de soja, nutrição animal e de armazenagem de grãos (Foto: Esequias Araújo/Governo do Tocantins)
Primeiro compromisso da agenda foi uma visita ao Grupo Cereal, onde a comitiva conheceu as unidades esmagadoras de soja, nutrição animal e de armazenagem de grãos (Foto: Esequias Araújo/Governo do Tocantins)

Da Redação*

O governador do Tocantins, Mauro Carlesse, esteve, nesta quarta-feira, 10, na de Rio Verde (GO), importante pólo de agronegócio e agroindústria da região Centro-Oeste, e onde está sendo realizada a Tecnoshow, maior feira do agronegócio desta região. O objetivo foi apresentar as potencialidades do Tocantins para empresários interessados em investir no estado.

Carlesse liderou uma comitiva formada por dirigentes de instituições financeiras, empresários, prefeitos e auxiliares do governo.

O primeiro compromisso da agenda foi uma visita ao Grupo Cereal, onde a comitiva conheceu as unidades esmagadoras de soja, nutrição animal e de armazenagem de grãos. O diretor da empresa, Evaristo Barauna, disse que já esteve no Tocantins e ficou impressionado com o que viu.

– Há interesse da empresa em expandir os negócios e o Tocantins é visto com bons olhos, conta com terras férteis, potencial hídrico e uma logística privilegiada, que fazem do estado o melhor lugar para se investir – declarou.

Mauro Carlesse destacou a visita à unidade como uma oportunidade para mostrar, aos diretores do grupo, o potencial e as oportunidades ofertadas para quem quer investir no estado. Para o governador, o povo do Tocantins ainda tem, no poder público, o principal empregador e a sua gestão está empenhada em mudar essa realidade.

– Temos potencial e boa vontade para melhorar a infraestrutura, a segurança jurídica e as condições, com o propósito de atrair empresas para industrializar o Estado e gerar empregos para o povo – assegurou.

O secretário de Estado da Agricultura, Pecuária e Aquicultura, César Halum, explicou que o Tocantins está empenhado em aumentar a área plantada, principalmente para aumentar a produção de milho e também atrair as empresas para agregar valores à produção.

– É importante destacar que podemos aumentar a área plantada apenas com o aproveitamento das áreas degradadas, sem novos desmatamentos – destacou.

Comitiva também conheceu a Universidade de Rio Verde (UniRV) (Foto: Esequias Araújo/Governo do Tocantins)
Comitiva também conheceu a Universidade de Rio Verde (UniRV) (Foto: Esequias Araújo/Governo do Tocantins)

Universidade de Rio Verde

Ainda pela manhã, a comitiva conheceu a Universidade de Rio Verde (UniRV), onde foi recebida na sala de reuniões da instituição pelo vice-reitor, Leonardo Veloso. A universidade conta com 8 mil alunos distribuídos em 34 cursos de graduação e 15 de pós-graduação e, de acordo com Leonardo Veloso, a instituição tem interesse em implantar um câmpus em Palmas.

Além de auxiliares do governo, integraram a caravana, o vice-governador Vanderlei Barbosa; o superintendente do Banco da Amazônia, Marivaldo Melo; o presidente da Assembleia Legislativa, Antônio Andrade; deputados estaduais; o prefeito de Colinas do Tocantins, Adriano Rabelo; e os diretores da VLI no Tocantins, Edson Zacarias e Fernando Kunsch.

*Fonte: Secom/Governo do Tocantins, com edição de Cerrado Rural Agronegócios