Além de Hong Kong, investidores também estão preocupados com a desaceleração econômica da China (Imagem: Reuters/Athit Perawongmetha)

Por Reuters/ Money Times*

Os índices acionários da China fecharam em baixa nesta quinta-feira com os investidores temendo que a decisão do governo dos Estados Unidos de promulgar uma lei apoiando os manifestantes em Hong Kong possa prejudicar um acordo comercial provisório entre Washington e Pequim.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, caiu 0,34%, enquanto o índice de Xangai teve queda de 0,47%.

A China alertou os Estados Unidos nesta quinta-feira de que vai adotar “contramedidas firmes” depois que Trump promulgou lei na quarta-feira que defende os manifestantes de Hong Kong. Isso traz nova incerteza para as negociações comerciais.

Os investidores também estão preocupados com a desaceleração econômica da China.

Em Tóquio, o índice Nikkei recuou 0,12%, a 23.409 pontos.

Em Hong Kong, o índice HANG SENG caiu 0,22%, a 26.893 pontos.

Em Xangai, o índice SSEC perdeu 0,47%, a 2.889 pontos.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, retrocedeu 0,34%, a 3.862 pontos.

Em Seul, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,43%, a 2.118 pontos.

Em Taiwan, o índice TAIEX registrou baixa de 0,26%, a 11.617 pontos.

Em Cingapura, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,46%, a 3.200 pontos.

Em Sydney o índice S&P/ASX 200 avançou 0,20%, a 6.864 pontos.

Leia mais sobre: AçõesÁsiaInternacionalMercadosReuters

*Matéria publicada sob licença do portal Money Times (www.moneytimes.com.br)