Francisco Turra ao ser empossado na ANA, no Rio de Janeiro (Foto: Ascom/ABPA)
Francisco Turra ao ser empossado na ANA, no Rio de Janeiro (Foto: Ascom/ABPA)
O presidente-executivo da ABPA (Associação Brasileira de Proteína Animal), Francisco Turra, foi empossado esta segunda-feira, 23, no Rio de Janeiro, como membro da Academia Nacional da Agricultura. Mantida pela Sociedade Nacional de Agricultura (SNA), a entidade é conhecida como o centro do pensamento agrário, traçando políticas nacionais que envolvam o setor, ambiente e pesquisa.
– É um reconhecimento relevante e uma oportunidade de contribuir com o setor mais produtivo do Brasil – disse o ex-ministro da Agricultura.
Turra  agradeceu a honraria, que foi entregue pelo presidente da SNA, Antônio Alvarenga, e pelo presidente da ABAG (Associação Brasileira do Agronegócio), Luiz Carlos Correa Carvalho.
A distinção foi entregue durante o evento de comemoração dos 120 anos da SNA, contando com a presença de importantes nomes do agronegócio nacional, ex-ministros da pasta, deputados, senadores e líderes de organizações setoriais.
Ex-prefeito de Marau (RS) e deputado estadual e federal pelo Rio Grande do Sul, Francisco Turra foi presidente da CONAB (Companhia Nacional de Abastecimento), entre 1996 e 1998, quando se tornou Ministro da Agricultura. À frente da pasta, liderou importantes transformações para o setor, como a criação do Seguro de Renda Agrícola, e o aumento de 8,5% da produtividade do campo.
Turra foi ainda dirigente do SEBRAE/RS, Banrisul e BRDE (Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul). Em 2008, foi empossado presidente da Associação Brasileira dos Produtores e Exportadores de Frangos (ABEF), que depois se tornaria a União Brasileira de Avicultura (UBABEF). Em 2014, a entidade uniu-se à Associação Brasileira da Indústria Produtora e Exportadora de Carne Suína (ABIPECS) para formar a ABPA.
Inaugurada em 2003, a Academia Nacional de Agricultura reúne 51 nomes de grande contribuição para o desenvolvimento do campo. Entre seus membros, estão os ex-ministros Alysson Paolinelli, Luís Carlos Guedes Pinto, Marcus Vinícius Pratini de Moraes e Roberto Rodrigues.
Da Ascom/ABPA, com edição de Cerrado Rural