SHARE

Da Redação*

O Centro de Treinamento Parceiros da Tecnologia, pilar de atuação social e capacitação da Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa), recebeu um reforço na área de informática com a doação, pela Agrosul Máquinas/John Deere, de 12 computadores que passam a integrar os equipamentos utilizados no treinamento e capacitação de profissionais ligados à cadeia produtiva do algodão no oeste da Bahia. As máquinas foram entregues pelo diretor-geral da Agrosul, Olmiro Flores, e o coordenador regional da Jonh Deere, Tiago Oliveira, ao diretor executivo da Abapa, Lidervan Morais.

Computadores vão reforçar a estrutura do centro de ensino (Foto: Ascom/Abapa)
Computadores vão reforçar a estrutura do centro de ensino (Foto: Ascom/Abapa)

– Estes equipamentos irão ampliar e potencializar os atendimentos do Centro de Treinamento em cursos destinados a utilização dos softwares da Jonh Deere voltados à agricultura de precisão – revela Morais.

Ele acrescenta que existe uma preocupação social muito grande inserida no trabalho desenvolvido no Centro de Treinamento e estes investimentos em capacitação se revertem em mais produtividade, segurança e bem estar para quem trabalha no campo e nos escritórios das fazendas.

– Somos parceiros da tecnologia junto ao Centro de Treinamento e contribuímos com a formação e qualificação de profissionais repondo e atualizando os laboratórios com equipamentos de última geração. Essa é a essência do CT qualificar e formar pessoas capazes. Inclusive, já estamos com uma nova remessa de computadores que em breve serão entregues no Centro – adiantou Olmiro Flores.

Com sede em Luís Eduardo Magalhães, o Centro oferece infraestrutura com modernos laboratórios e salas de aulas para cursos e treinamentos de curta e longa duração aos profissionais em todo o oeste da Bahia. O Centro de Treinamento Parceiros da Tecnologia conta com a parceria da Agrosul/John Deere, Veneza Equipamentos/John Deere, Oeste Pneus/Pirelli, SESI, SENAI, CIEB, SPRB/SENAR, Prefeitura Municipal de Luís Eduardo Magalhães e Universidade Federal de Viçosa (UFV), além do apoio do Fundeagro e do Instituto Brasileiro do Algodão (IBA).

*Fonte: Ascom/Abapa, com edição de Cerrado Rural Agronegócios

NO COMMENTS

LEAVE A REPLY