SHARE
A ação teve início com a implantação da estação amostral ainda em 2017 (Foto: Ascom/Naturatins)
A ação teve início com a implantação da estação amostral ainda em 2017 (Foto: Ascom/Naturatins)

Da Redação*

Há uma semana, técnicos do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) percorrem trilha no Parque Estadual do Cantão, monitorando espécies de mamíferos, aves e borboletas. O objetivo do trabalho é subsidiar, avaliar e acompanhar projeções de alteração na distribuição e locais de ocorrência das espécies em resposta às mudanças climáticas e demais vetores de pressão e ameaça como desmatamento, para atualizar as medidas de conservação, incluindo o manejo.

A Ação faz parte da implantação no Parque do Cantão, de uma das três estações amostrais de monitoramento da biodiversidade, realizadas com o apoio do Programa Áreas Protegidas da Amazônia (ARPA).

Nesse trabalho, a equipe da diretoria de Biodiversidade  e áreas protegidas, composta pelos biólogos Marcelo Barbosa e Aline Vilarinho e pelo guarda-parque da unidade, Valmir Assunção,  estão percorrendo, durante uma semana,  uma trilha de 5 km  no parque do Cantão realizando a atividade de monitoramento in situ da biodiversidade nas unidades amostrais de mamíferos, aves e borboletas frugívoras.

– Neste período observamos a ocorrência de avistamentos de mamíferos de médio e grande porte e alguns grupos específicos de aves. Também instalamos armadilhas para a captura e identificação de borboletas frugívoras, que são aquelas cuja dieta alimentar é composta principalmente de frutos – explica Vilarinho.

O monitoramento da biodiversidade gera uma robusta base de dados sobre os indicadores biológicos. Dados e informações que ajudam a detectar problemas e permitem reações em fase precoce, quando soluções ainda podem ser relativamente baratas.

(Foto: Ascom/Naturatins)
(Foto: Ascom/Naturatins)

As atividades seguem o protocolo de monitoramento in situ da biodiversidade, desenvolvido pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). A ação teve início com a implantação da estação amostral ainda em 2017. Contudo, a manutenção da trilha foi realizada em meados do mês de outubro e a atividade de monitoramento está sendo realizada desde o dia 29 do mês passado, finalizando esta terça-feira, 06.

*Com edição de Cerrado Rural Agronegócios

NO COMMENTS

LEAVE A REPLY