Da Redação*

A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) realizou, por meio da 2ª Superintendência Regional da Codevasf em Bom Jesus da Lapa, no oeste da Bahia, um peixamento no “Velho Chico” contando com a participação de estudantes e pescadores locais. Foram introduzidos 30 mil alevinos de curimatá, espécie nativa do Velho Chico, produzidos no Centro Integrado de Recursos Pesqueiros e Aquicultura de Xique-Xique (2º/CIX), localizado em Xique-Xique. A ação foi realizada na última terça-feira, 11, na localidade da Barrinha, contando com a parceria da Colônia de Pescadores e Aquicultores Z-32 e dos alunos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano (IFBaiano), campus de Bom Jesus da Lapa.

Estudantes participaram do repovoamento do Velho Chico (Foto: Codevasf)
Estudantes participaram do repovoamento do Velho Chico (Foto: Codevasf)

Os estudantes do curso Técnico em Agricultura soltaram os peixes juntamente com os pescadores, seguindo as instruções de Rodrigo Bernardes, técnico da Codevasf lotado no 2º/CIX.

– O peixamento é uma atividade de revitalização do rio São Francisco. A ação da Codevasf visa recuperar não só a natureza, mas também beneficiar toda a comunidade que vive no entorno do rio, com a futura comercialização dos peixes, garantindo o sustento, ou com o consumo próprio, promovendo a segurança alimentar – disse Bernardes.

Os estudantes demonstraram muita animação com a atividade.

– Foi maravilhoso a gente conhecer mais um pouco sobre as espécies de peixe, libertá-los, de forma adequada, no rio. Ter acesso a cuidados necessários tanto para a preservação do rio quanto para a preservação das espécies que vivem nele. Foi uma ação maravilhosa – disse a aluna Gerlaine Dourado.

– Essa é uma atividade muito importante para o futuro. E os estudantes são o futuro. Eles têm o papel de levar adiante os conhecimentos que adquiriram hoje. É muito importante que eles conheçam desde cedo a importância dessas atividades de preservação. Gostaria de agradecer pela troca de experiência e, em nome do IFBaiano, agradecer à Codevasf pela ação – disse Jefferson de Sá, coordenador do curso Técnico em Agricultura do IFBaiano.

– Estou muito feliz por participar dessa ação. Gostaria que esse conhecimento que esses estudantes adquiriram aqui fosse utilizado mais para a frente. Contamos com esses estudantes para ações que possam reparar o que já foi degradado e para conscientizar e evitar mais degradação com coisas que podem ser evitadas, como o descarte de lixo, de plástico, em locais inadequados, fazendo com que eles acabem chegando e se acumulando no rio – diz Nerivaldo Barros, presidente da colônia dos pescadores Z-32.

Xique-Xique

Anteriormente, a Codevasf realizou peixamento também em Xique-Xique, na Ipueira, no Porto das Pedras, em parceria com a Prefeitura Municipal, contando com a participação de alunos da Escola Municipal Professora Anita de Carvalho Silva. Além dos alunos, os técnicos da Codevasf soltaram os alevinos juntamente com representantes da Prefeitura, pescadores e professores.

Além do repovoamento do rio São Francisco, recompondo os estoques pesqueiros, a ação teve caráter educacional para mostrar principalmente para estudantes e pescadores a importância de uma consciência ambiental, para a preservação da natureza.

Mais informações: http://www.codevasf.gov.br

*Fonte: Codevasf