Da Redação*

Os técnicos da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Aquicultura do Tocantins (Seagro), em parceria com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e demais  parceiros iniciaram nesta segunda-feira, 24, o acompanhamento e monitoramento nas propriedades que fazem parte do Projeto de Produção Integrada de Frutas do Estado (PIF). As atividades encerram na sexta-feira, 28.

O acompanhamento e monitoramento nas propriedades de produção de abacaxi fazem parte do Projeto de Produção Integrada de Frutas do Estado (Seagro/Governo do Tocantins)
O acompanhamento e monitoramento nas propriedades de produção de abacaxi fazem parte do Projeto de Produção Integrada de Frutas do Estado (Seagro/Governo do Tocantins)

De acordo a gerente de Agricultura da Seagro, Eliane Lagares, durante o monitoramento serão verificado os plantios do abacaxi, banana e maracujá, e discutidas as técnicas de aplicação do programa de Produção Integrada de Frutas, onde o Tocantins é pioneiro e modelo para a cultura do abacaxi.

– A produção integrada prevê menor aplicação de agrotóxicos e por consequência redução de custos, menor impacto ambiental e agregação de valor ao produto – avaliou Lagares, acrescentando que o monitoramento está fortalecendo a produção tocantinense.

Tecnifrut

Durante as visitas de monitoramento, os técnicos da Seagro também farão convites aos produtores para participarem do 3° Tecnifrut previsto para ser realizado, em agosto, no Projeto de Irrigação Manuel Alves, município de Dianópolis, região sudeste do Estado.

Reunião Técnica

Na sexta-feira, 28, no encerramento do monitoramento ocorre a Reunião Técnica sobre Abacaxi e Maracujá, a partir das 9 horas, no Projeto de Assentamento Paulo Freire, município do Rio dos Bois.

Na reunião serão abordadas as técnicas de plantio do abacaxi voltadas para seleção de mudas, preparo de solo, plantio, adubação, pragas, doenças e indução floral.

Já sobre a cultura do maracujá será direcionando a escolha da área, preparo do solo, espaldeiras, variedades, mudas, plantio, adubação de cova, e cobertura, pragas e doenças.

*Fonte: Ascom/Seagro, com edição de Cerrado Rural Agronegócios