SHARE

Da Redação*

O Conselho Consultivo Deliberativo da Área de Proteção Ambiental (APA) Lago de Palmas, unidade de conservação de responsabilidade do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), promoveu nesta quinta-feira, 6, reunião com seus membros no auditório do Naturatins. Na ocasião os participantes discutiram temas como a construção da sede da APA, o andamento do Plano de Manejo da Unidade, demandas espontâneas, além de informes gerais.

O presidente do Naturatins, Marcelo Falcão esteve presente e destacou a importância da parceria com as empresas públicas e privadas, reforçando o apoio dos parceiros. Ele disse que sem o apoio das empresas e entidades seria impossível viabilizar a APA.

– O Naturatins vai apoiar em tudo que for necessário para que em breve a APA Lago de Palmas cumpra o seu papel, que é defender, preservar e conservar o meio ambiente, de modo a promover o desenvolvimento sustentável e o equilíbrio ecológico da unidade de conservação –  frisou.

O conselho gestor da APA Lago de Palmas, promoveu encontro no Naturatins nesta quinta-feira, 6 (Foto: Ascom/Naturatins)
O conselho gestor da APA Lago de Palmas, promoveu encontro no Naturatins nesta quinta-feira, 6 (Foto: Ascom/Naturatins)

Marcelo Falcão também enfatizou a necessidade da APA Lago de Palmas se tornar uma realidade efetiva, de maneira a integrar ações ambientais com a sociedade.

– O Naturatins tem um olhar positivo e se preocupa com os meios para que o Estado viabilize o funcionamento dessa unidade de conservação. Recentemente visitei a APA e a obra da sede da Associação que está em andamento, quando constatei o bom trabalho desenvolvido pelo gestor da unidade – considerou.

– O representante da Norship, um terminal de armazenagem de combustível, localizado no pátio multimodal da Valec, às margens da Ferrovia Norte-Sul, próximo a APA, Leandro Medina, falou da participação no Manejo Integrado do Fogo (MIF) realizado pelo Naturatins.

– Como estamos em uma área que historicamente sofre riscos oriundos de queimadas nas vegetações, nós juntamente com outras empresas da região, agricultores e fazendeiros, unimos forças e recursos para auxilio no Manejo Integrado do Fogo (MIF), coordenado pelo senhor Abel, gestor da APA Lago de Palmas – contou.

O gestor da APA Lago de Palmas, Abel Cardoso, lembra que a Associação da APA foi criada com a participação da Associação de Homens e Mulheres de Negócios da região de Luzimangues (Adomangues) e servidores do Naturatins fundamentais em todo o processo.

– Temos o reconhecimento de instituição de utilidade pública municipal, o que permite a busca de recursos junto aos órgãos públicos municipais, empresas privadas e também com a comunidade – relatou.

Utilidade Pública

Abel Cardoso falou ainda que está previsto para o próximo ano, que a Associação  consiga o reconhecimento como instituição de utilidade pública estadual. Este status vai facilitar a realização de convênios e captação de recursos em maior volume tanto com o governo estadual, como federal.

– Desde a doação da área para construir a sede da Associação, pela Prefeitura de Porto Nacional, ao projeto arquitetônico e a construção da sede, que está com todo o baldrame pronto, tudo ocorreu por meio de doações. Temos um Termo de Cooperação Técnica com a prefeitura de Porto Nacional, que no futuro vai repassar definitivamente tanto a área, como a sede da Associação para o Naturatins – esclareceu.

*Fonte: Ascom/Naturatins, com edição de Cerrado Rural Agronegócios

NO COMMENTS

LEAVE A REPLY