Da Redação*

– É preciso um trabalho integrado para que a gente possa colocar o projeto Manuel Alves e também o projeto São João em condição de produção na sua capacidade total – defendeu o secretário da Agricultura, Pecuária e Aquicultura do Tocantins (Seagro), César Halum, durante visita ao Manuel Alves, em Dianópolis, Sudeste do Estado, no último sábado, 16 de março.

Projeto Manuel Alves (Foto: Ascom/Seagro)
Projeto Manuel Alves (Foto: Ascom/Seagro)

Ele ressaltou que a viabilidade da Central de Abastecimentos de Hortifrutigranjeiros (Ceasa) está ligada diretamente aos dois projetos de irrigação, Manuel Alves e São João.

– Com a produção desses dois projetos podemos iniciar o abastecimento do Ceasa e cumprir o sonho de que vamos consumir o que produzimos no Tocantins – disse.

Durante a visita, César Halum se reuniu com produtores identificou as demandas do projeto e apontou as possíveis soluções para o Distrito de Irrigação Manuel Alves (DIMA)

Produção

Atualmente, segundo o gerente do DIMA, Patrik Diogo Antunes, 101 pequenos produtores, em uma área de aproximadamente 950 hectares produzem cerca de 800 toneladas de frutas por mês. Dentre as principais espécies está a banana, abacaxi, manga, coco, mamão, limão e tangerina. Parte da produção é comercializada no Tocantins, mas a maior parte vai para os estados do Pará, Maranhão, São Paulo, Bahia, Goiás, Paraná, além do Distrito Federal, perfazendo uma movimentação financeira de R$ 1 milhão, por mês. O projeto gera cerca de 250 empregos diretos, com possibilidade de chegar a 1.250 empregos diretos e 2.000 mil indiretos, após a ocupação de sua área total, que é de 3.792 hectares, incluído lotes para pequenos produtores e área empresarial.

O projeto

Iniciado em 2007, o Manuel Alves desponta como um dos maiores polos de produção de frutas do Tocantins. A tecnologia de irrigação utilizada é a de aspersão convencional. A área do projeto possui bastante água, além de solo e clima adequados para o cultivo de frutas.

*Fonte: Ascom/Seagro, com edição de Cerrado Rural Agronegócios