SHARE

Da Redação*

Uma equipe da Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) desenvolverá ações de controle da raiva dos herbívoros (bovinos, equídeos, suídeos, caprinos e ovinos), nos municípios  de Paraiso do Tocantins, Monte Santo e Divinopolis, entre os dias 10 e 16 de janeiro.

A Adapec reforça aos produtores rurais para vacinarem o rebanho contra a raiva (Foto:  José Veloso/Adapec)
A Adapec reforça aos produtores rurais para vacinarem o rebanho contra a raiva (Foto: José Veloso/Adapec)

– Nestes municípios a equipe atenderá o chamado para investigação de focos e realização de monitoramento e cadastramento de abrigos, além da captura de morcegos hematófagos, principal transmissor da raiva, visando o controle populacional desta espécie e orientação quanto aos os riscos de transmissão da raiva dos herbívoros para o ser humano, pois ela é uma zoonose – explica o inspetor de defesa agropecuária da Adapec, José Emerson Cavalcante.

A Adapec reforça aos produtores rurais para vacinarem o rebanho contra a raiva, pois esta é a forma mais segura de prevenção contra a doença.

Sintomas
O animal que é infectado pelo morcego hematófago, apresenta alguns sintomas como isolamento do restante do rebanho, apatia, perda de apetite, salivação abundante e dificuldade para engolir. Com a evolução da doença, tem movimentos desordenados, tremores musculares, ranger de dentes, decúbito lateral e morte.

A Agência alerta que o produtor deve evitar o contato direto com animais que apresentam sintomatologia nervosa. Qualquer dúvida ou denúncia em relação a defesa agropecuária, o produtor pode entrar em contato também, por meio do Disque Defesa no 0800 63 11 22.

*Fonte: Ascom/Adapec, com edição de Cerrado Rural Agronegócios

NO COMMENTS

LEAVE A REPLY