*Da Redação

A Cooperativa Agroindustrial do Tocantins (Coapa) teve, no exercício de 2019, um faturamento de R$ 202 milhões, o que representa um crescimento de 23% em relação ao ano de 2018.  Novo recorde foi registrada também na recepção de soja em seus armazéns: 110 mil toneladas. Estes resultados foram apresentados durante  Assembleia Geral Ordinária (AGO) que reuniu, na noite desta quarta-feira, 12 de fevereiro,  em torno de 120 cooperados, colaboradores, convidados e parceiros comerciais no auditório da cooperativa, em Pedro Afonso, sede da empresa cooperativista.

Os números foram apresentados pelo assessor contábil e jurídico da Coapa, João Lopes, que ainda esclareceu dúvidas dos cooperados sobre as receitas, despesas e demais investimentos executados durante o último ano.

Conforme Lopes, os bons resultados financeiros refletiram nas sobras que somaram R$ 1.269.023,14, valor que após deliberação dos associados votantes, será destinado ao fundo de contingência para ser usado caso surjam gastos emergenciais na cooperativa.

O presidente da Coapa, Ricardo Khouri, que conduziu a assembleia e explanou sobre vários temas, ressaltou que investimentos em infraestrutura e gestão aliados à participação dos associados, têm garantido o sucesso da cooperativa.

– Tivemos um ano de forte engajamento social, diversas mudanças na parte estrutural; também intensificamos o controle e planejamento de nossas metas e ações. Mais uma vez percebemos o quanto a Coapa está preparada para se solidificar no mercado e ser referência do cooperativismo nacional – avaliou Khouri.

“Tivemos um ano de forte engajamento social, diversas mudanças na parte estrutural” – Khouri. (Foto: Coapa)

Conselho Fiscal

Cumprindo o estatuto da cooperativa, os cooperados ainda elegeram os membros do Conselho Fiscal, sendo escolhidos Laércio Diana, Paulo Afonso Piton, Armando Schuz, Geraldo Lorenzi Cancellier, Ronaldo Maranhão Sá e Luciano Calegaro.

Crescimento

Com a missão de ser reconhecida como a melhor cooperativa de agronegócio do MATOPIBA, até 2027, a Coapa investiu nos últimos anos na atração de produtores, no aumento da produção e de sua capacidade de beneficiamento de grãos, e na comercialização. Entrando em uma nova era, a cooperativa que tem pouco mais de 21 anos de fundação, agora busca implementar as ferramentas de gestão e desenvolvimento estratégico.

– Esse é uma nova etapa para o crescimento da Coapa. Investimos na produção, nos armazém e agora vamos começar um trabalho de auditoria e planejamento estratégico mais intenso, para que assim a cooperativa cresça de forma eficiente –  destacaou o vice-presidente Alberto Mazzola.

Referência no Tocantins

Além dos destes resultados, a Coapa tem sido o referencial para produtores da região, atraindo quem busca investir no Tocantins.

– Começamos a investir na região e a Coapa tem um nome forte, respaldo em todo o país, além de oferecer vários benefícios para os produtores, como descontos na aquisição de insumos, o beneficiamento dos grãos e todo o suporte na parte comercial – elogiou Pietro Cornado, recém-associado.

Já o conselheiro fiscal Laércio Diana ressaltou que a Coapa tem crescido e que cabe aos produtores impulsionar esse crescimento.

– Todos os anos nos reunimos aqui na assembleia e vemos que os números vêm superando as expectativas. Isso mostra o trabalho de qualidade da cooperativa e de toda a administração – completou.

*Com informações da Coapa