SHARE

De Assessoria*

A AB Vista, um dos três maiores players de enzimas do mundo vai estar presente no AMEVEA, que acontece entre os dias 28 e 29 de novembro, em Bogotá, Colômbia. Na ocasião, serão debatidos os assuntos mais atuais sobre a avicultura mundial.

O Diretor Técnico Global, Tiago Santos, irá participar apresentando uma revisão sobre o uso de enzimas nas aves. Atualmente, três diferentes tipos de enzimas são rotineiramente utilizadas na alimentação destes animais – fitases, carboidrases (xilanase especialmente) e por último, proteases.

“Além da fitase, a AB Vista possui sua xilanase Econase XT, que apresenta uma redução da viscosidade do trato intestinal, melhora da estrutura da fibra presente”

O uso de enzimas na avicultura cresceu exponencialmente nos últimas décadas e a sua utilização na produção de animais de engorda, reprodutoras pesadas e aves comerciais aparece em quase a totalidade das granjas.

Para isso, a AB Vista apresenta sua fitase Quantum Blue, que possui um efeito sobre a capacidade das aves de digerir e absorver nutrientes, como minerais, energia e aminoácidos. Como consequência, se alcança o objetivo principal, que é de aumentar a taxa de absorção desses nutrientes e reduzir o uso de outras fontes nutricionais de maior custo.

Além da fitase, a AB Vista possui sua xilanase Econase XT, que apresenta uma redução da viscosidade do trato intestinal, melhora da estrutura da fibra presente, afetando a capacidade de fermentação bacteriana e aumentando a produção de ácidos graxos voláteis.

As duas enzimas podem ser usadas conjuntamente, porém, seus resultados dependem da quantidade de substrato presente, para que a enzima possa fazer o seu papel e assim garantindo melhoria de performance.

– A resposta fisiológica é o ponto mais importante no uso de enzimas nos animais. Não basta apenas colocar doses altas de fitase e xilanase se não sabemos o quanto de substrato é liberado, para que haja a interação entre os dois, facilitando assim os resultados benéficos – conclui Tiago.

"A resposta fisiológica é o ponto mais importante no uso de enzimas nos animais" (Foto: Divulgação)
“A resposta fisiológica é o ponto mais importante no uso de enzimas nos animais” (Foto: Divulgação)

*Com edição de Cerrado Rural Agronegócios

NO COMMENTS

LEAVE A REPLY