SUCESSÃO – Criadores de nelore emitem carta aberta a Bolsonaro

SUCESSÃO – Criadores de nelore emitem carta aberta a Bolsonaro

SHARE

Da Redação*

Ao tempo que saúda o presidente eleito do Brasil, deputado federal Jair Bolsonaro, em nota enviada à imprensa especializada em agronegócios, a A Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB), chama a atenção para a necessidade de fortalecimento da Embrapa e da assistência técnica e extensão rural nos estados. E, ainda, pede apoio para a recuperação de terras degradadas e para o controle sanitário.

Abaixo, a íntegra da nota:

“CARTA ABERTA DA RAÇA NELORE AOS NOVOS GOVERNANTES

A Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB) e as centenas de milhares de criadores da raça espalhados pelo país estão confiantes nos governantes eleitos e esperam que eles saibam valorizar o agronegócio nacional, segmento responsável por mais de R$ 1,5 trilhão em negócios por ano – equivalente a um quarto do PIB nacional. Em especial, depositamos nossa confiança no Presidente eleito, Jair Bolsonaro.

A pecuária é a única atividade presente em todos os mais de 5,5 mil municípios brasileiros. E a raça Nelore representa mais de 80% do rebanho bovino do país. Dessa forma, nós, neloristas, conhecemos muito bem os desafios da produção de alimentos.

Jamais fugimos à luta, mas, neste momento, renovamos nossas esperanças. Não queremos vantagens, pedimos apenas atenção ao campo.

Em 2018, estamos colocando nas mesas do Brasil e do mundo mais de 9,5 milhões de toneladas de carne bovina. O Nelore participa quase que integralmente desse resultado, pois se a carne não é produzida somente com genética Nelore é de Nelore cruzado com outra raça.

Desse total, cerca de 1,5 milhão de toneladas são exportadas para mais de 150 países, contribuindo com US$ 7 bilhões para a balança comercial.

Porém, para produzir e gerar riquezas, é preciso cuidar muito bem da base da cadeia produtiva.

Nós, pecuaristas, precisamos de crédito para continuar investindo em melhoramento genético, na recuperação de pastagens, no controle sanitário, no bem-estar dos rebanhos e na preservação do meio ambiente.

A melhoria da qualidade e os ganhos de produtividade da agropecuária, observados nos últimos anos, evidenciam nossa aptidão para a constante incorporação de tecnologia na atividade. Neste sentido, solicitamos especial atenção à Embrapa e aos órgãos de extensão rural oficiais.

A preservação do direito de propriedade é fundamental para que os investimentos sejam feitos. A segurança no campo precisa ser reforçada para que nós e nossos colaboradores possamos trabalhar com tranquilidade.

O Brasil pode contar com a pecuária e com a raça Nelore. Os números provam que cumprimos a nossa parte com determinação. É a hora de contarmos com o Brasil.

downloadAssociação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB)”

NO COMMENTS

LEAVE A REPLY