SHARE

O secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Turismo e Cultura (Seden), Alexandro de Castro, falou sobre o investimento de mais R$ 8 milhões do Governo do Estado, em parceria com a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), para a realização de pesquisas que vão beneficiar a agricultura tocantinense.

– Ao todo serão nove subprojetos em curso para pesquisa em agricultura no Tocantins. Fazer pesquisas voltadas para a agropecuária vai permitir melhorar a produção e de forma sustentável – destacou durante o evento.

(Foto: Secom-TO)
(Foto: Secom-TO)

Sua fala foi durante a solenidade de inauguração do Polo Tecnológico de Pesquisa Agropecuária do Tocantins (Tecnorte), realizada na manhã desta segunda-feira, 30, em Palmas.

Ele aproveitou a ocasião para falar do trabalho que a Superintendência de Desenvolvimento Científico e Tecnológico da Seden tem realizado na busca de parcerias com outras instituições e iniciativa privada para captar recursos a serem destinados à pesquisa. Alexandro de Castro informou também sobre um convênio que deve ser firmado com a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) para a formação de pesquisadores e de recursos humanos qualificado no Estado.

A inauguração dos laboratórios do Tecnorte, da Fundação Universidade do Tocantins (Unitins), faz parte de um convênio firmado entre Finep e o Governo do Estado, por meio da Seden, para a realização do Projeto Estruturante, que tem o objetivo de construir e equipar laboratórios das instituições de pesquisas do Tocantins selecionadas por meio de chamada pública.

O Projeto vai beneficiar ainda nove subprojetos de pesquisadores da Universidade Federal do Tocantins (UFT), Fundação Unirg, Fundação de Medicina Tropical de Araguaína e Centro Universitário Luterano de Palmas (Ceulp/Ulbra). As pesquisas serão desenvolvidas nas áreas de desenvolvimento de fitoterápicos, laboratório de referência animal, de fossa séptica biodigestor, de pesquisa agropecuária e agroenergia.

O Tecnorte

O Polo Tecnológico de Pesquisa Agropecuária do Tocantins (Tecnorte) está localizado no Complexo de Ciências Agrárias da Fundação Universidade do Tocantins na Agrotins e conta com alojamento de pesquisadores, com capacidade para 12 pessoas; laboratório de agroenergia; biofábrica;  aviário;  aprisco;  e viveiro de mudas. O investimento de aproximadamente R$ 1,5 milhão foi usado na construção dos prédios e na compra de equipamentos e material de consumo.

A obra foi inaugurada pela vice-governadora Cláudia Lelis, na ocasião representando o governador Marcelo Miranda.

Os laboratórios serão usados pelos pesquisadores da Unitins. De acordo com a reitora Suely Quixabeira, o espaço vai permitir a realização de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Da Ascom/Seder, com edição de Cerrado Rural Agronegócios

NO COMMENTS

LEAVE A REPLY