Da Redação*

O presidente da Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa), Júlio Busato, apresentou, durante reunião na última quinta-feira, 24, para a equipe técnica da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) os resultados preliminares do estudo do potencial hídrico do oeste da Bahia, relacionados ao aquífero Urucuia. O presidente da entidade, Sebastião Barbosa, também estava presente na reunião, realizada na sede da Embrapa, em Brasília (DF).

Os coordenadores da pesquisa, Everardo Mantovani, e Aziz Galvão, da Universidade Federal de Viçosa (UFV), também estiveram presentes na reunião  (Foto: Abapa)
Os coordenadores da pesquisa, Everardo Mantovani, e Aziz Galvão, da Universidade Federal de Viçosa (UFV), também estiveram presentes na reunião (Foto: Abapa)

Busato representou, na oportunidade, o presidente da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), Celestino Zanella, que também preside o Prodeagro, fundo dos agricultores baianos que vem garantindo o suporte para o desenvolvimento do projeto que pretende mensurar a disponibilidade das águas subterrâneas e superficiais da região.

Os coordenadores da pesquisa, Everardo Mantovani, e Aziz Galvão, da Universidade Federal de Viçosa (UFV), também estiveram presentes na reunião e reforçaram aos técnicos da Embrapa a importância do estudo científico, cujos dados serão fundamentais para possibilitar a gestão integrada dos recursos hídricos, bem como para subsidiar uma proposta com critérios para os usos por segmento, visando também à revitalização das bacias hidrográficas do Oeste da Bahia.

*Com edição de Cerrado Rural Agronegócios